quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Saudades eternas...


Hoje pra mim é um dia que não precisava exiatir...
Esse dia só faz aumentar uma saudade que eu não posso diminuir.
Saudade de ver aquele sorriso, de sentir aquele cheiro, de ganhar aquele abraço...
Saudade de fazer coisa errada e não gqnhar xingada e sim um olhar que doia mais que uma palmada...
Saudade de quando eu queria morrer por qualquer que fo fosse o motivo, receber aquele afago nos cabelos e ouvir... Siga em frente não desista...
Saudade de ouvir aqueles conselhos bons, enquanto eu morria chorando por um coração partido...
Saudade de discutir se o Grêmio era melhor que o Inter... Discutir se eu ia me casar de branco ou não...
Enfim... Saudades de pequenas coisas que eram tão nossas... Coisas que levo comigo até hoje.
Saudades por nunca mais poder ouvir...
Te amo minha princesa...

Noite...


Aparentemente dormir toda noite, mas minha mente não parou um segundo...
Foi uma noote tensa, complicada e muito estranha. Digo isso por nao me lembrar do sonhos que tive, mas saber que não eram bons.
Eu não quero ser um fardo pra ninguém... Só quero ver todos bem e felizes...
Não nasci pra atrapalhar ninguém... Nem pra ser fardo...