sábado, 19 de novembro de 2011

Um pouco de mim..


Converso sozinha, canto errado, dou risada dos meus tombos, faço palhaçadas, conto piadas sem graça e acho graça, Brigo com objetos quando esbarro neles..
Sim sou doida... Mas sou feliz..

Em alguns momentos...


Em alguns momento não sabemos ao certo como agir... Nem como fazer as coisas funcionarem, só sabemos que  tem que ser feito.
Paro e penso em como fazer tudo dar certo...
Não tenho a mínima idéia de como fazer, só sei que sozinha não irei conseguir.
Tudo na vida é assim. Nada fazemos sozinhos, desde a hora em que nascemos, na escola, no serviço... A vida é assim. Um coletivo..
Existem coisas que fazemos sozinhos mas que não são tão legais como quando temos companhia... Tipo... Ir ao cinema, passear, jantar fora, amar...
Ainda lembro bem da dor que é amar pelas duas pessoas ao mesmo tempo.
É horrivel, vc faz de tudo e nada nunca tá bom. O tudo é sempre nada. Você por vc e pela pessoa que tá com vc. Vc sente um vazio imenso e não sabe com o nem quando ele vai acabar.. E quando vc se dá por conta, lá se foram seus melhores anos disfarçados com algo que só te fez mal...
Nunca mais passarei por isso graças a Deus!
Mas ainda assim penso sobre isso...
E sobre o medo de amar novamente que tudo isso causa.
Muito dizem que amamos uma única vez na vida. Eu discordo...
Amamos uma pessoa de uma determinada forma e intensidade uma única vez, mas podemos amar novamente, é só estarmos dispostos a receber e dar amor.
Mas isso é outro pensamento...